MPPR

30/08/2017 07:00

INSTITUCIONAL – Peça inspirada na cartilha “João Cidadão” estreia com o Teatro Guaíra lotado

João CidadãoCom o grande auditório do Teatro Guaíra lotado, estreou na terça-feira, 29 de agosto, em Curitiba, o espetáculo “Um jeito simples de entender seus direitos”, inspirado na cartilha do projeto “João Cidadão”, do Conselho Nacional do Ministério Público. Voltado a incentivar o exercício da cidadania, o “João Cidadão” foi transformado em peça por iniciativa do Ministério Público do Paraná. A ideia é aproximar ainda mais o projeto da comunidade, especialmente os jovens. A apresentação de estreia foi aberta à população – mais de 2 mil pessoas na plateia. Nos próximos dias estão programadas sessões fechadas para estudantes das redes de ensino pública e particular de Curitiba e região.

Antes da peça, o coordenador do “João Cidadão” no MPPR, promotor de Justiça Eduardo Cambi, destacou a importância do projeto para disseminar noções de cidadania para a comunidade. “Agradeço aos que estão aqui, a todas as pessoas que acreditam nesse país”, disse Cambi. “Esse projeto tem com o objetivo de estimular a discussão de direitos e deveres e contribuir na formação de uma juventude consciente. A peça foi criada com essa proposta”, afirmou o promotor. O procurador-geral de Justiça Ivonei Sfoggia foi representado no evento pelo subprocurador-geral de justiça para Assuntos Jurídicos, Eliezer Gomes da Silva. Vários membros e servidores da instituição também estiveram presentes na estreia.

João CidadãoCirco e música – O espetáculo “Um jeito simples de entender seus direitos” foi concebido pela Cia dos Palhaços, grupo de teatro que une técnicas de circo, comédia, improvisação e música. Com linguagem leve e divertida, a apresentação fala diretamente com o público, que em diversos pontos é convidado a interagir com os atores – o resultado são momentos de muita gargalhada e aplausos. Além da sessão especial de estreia, aberta à população, já foram promovidas duas apresentações para alunos das redes de ensino pública e particular de Curitiba e região. Outras dez sessões para estudantes estão previstas para os próximos dias: estima-se, ao final, um público de 12 mil alunos.

Lançado pelo CNMP em 2015, o projeto “João Cidadão” traz ao debate temas diversos, como o combate à corrupção, o direito à educação e à saúde, a inclusão social, o estado democrático de direito e a liberdade de expressão, entre outros. Como o foco são adolescentes e jovens, a linguagem é toda pensada nessa faixa de público – a cartilha do projeto, por exemplo, que distribuída em escolas, é toda inspirada em quadrinhos (mangá). Exemplares da cartilha também estão sendo distribuídos ao público da peça. A ideia é que o material seja trabalhado nas escolas e entre as famílias.

A realização do espetáculo conta com a parceria da Secretaria de Estado da Cultura e do Teatro Guaíra e com o apoio da Federação das Indústrias do Estado do Paraná; da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Paraná; do Sindicato dos Estabelecimentos Particulares de Ensino do Estado do Paraná; da Fundação Escola do Ministério Público do Estado do Paraná; da Gazeta do Povo; da RPC; da Itaipu Binacional; da Companhia de Saneamento do Paraná; da Companhia Paranaense de Energia e do Colégio Positivo.

João Cidadão

João Cidadão

João Cidadão

João Cidadão

João Cidadão

João Cidadão

João Cidadão

João Cidadão

João Cidadão


30/08/2017
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.