Releases

09/07/2013 16:06

09/07/2013 - PONTA GROSSA - “Gringo” é condenado a 32 anos de reclusão

O Tribunal do Júri de Ponta Grossa (região dos Campos Gerais) condenou, nesta segunda-feira (08/07), Odair de Carvalho Oliveira, conhecido como “Gringo”, a 32 anos de prisão pelo homicídio de um homem de 26 anos, há dois anos, além de tentativa de homicídio de outra vítima e ocultação de armas.

Odair de Carvalho Oliveira, 34 anos, foi condenado pelo homicídio duplamente qualificado de Jean Lucas Carneiro, morto na Estrada do Kalinoski em janeiro de 2011. Oliveira também foi condenado pela tentativa de homicídio duplamente qualificada da vítima Saint Clair de Lima (31 anos à época), e pela ocultação de duas armas de fogo (um revólver calibre 38, com numeração raspada, e uma garrucha calibre 16).

Qualificadoras - A 10ª Promotoria de Justiça de Ponta Grossa aponta que os crimes foram cometidos por motivo fútil e mediante recurso que dificultou a defesa das vítimas, que eram usuárias de drogas, mas não tinham nenhum antecedente criminal.

O promotor de Justiça Fábio Vermeulen Carvalho Grade relata que as vítimas foram capturadas pelo réu no centro da cidade, na madrugada de 15 de janeiro de 2011, e em seguida foram amarradas, amordaçadas, espancadas e então conduzidas até local ermo na Estrada do Kalinoski, na zona rural do município. Nesse local, o réu efetuou disparos contra as vítimas, à queima-roupa. Jean Lucas Carneiro morreu na hora e Saint Clair de Lima - mesmo gravemente ferido – sobreviveu e obteve, mais tarde, ajuda de moradores das redondezas.

O réu, acusado de diversos homicídios e outros crimes na região de Ponta Grossa, já está cumprindo pena na Penitenciária Central do Estado (PCE), em Piraquara (Região Metropolitana de Curitiba).


Informações para a imprensa com:
Assessoria de Comunicação
Ministério Público do Paraná
(41) 3250-4228 / 4439
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.