Centros de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça

Os Centros de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça (Caops) têm atribuições de auxílio da atividade funcional do Ministério Público que não se confundem com as funções de execução, próprias do procurador-geral de Justiça, de integrantes do Conselho Superior e dos procuradores e promotores de Justiça.

Cabe aos Caops levantar informações e produzir conhecimentos que sejam úteis para os órgãos de execução, contribuindo para o desempenho de suas funções de maneira mais eficaz. Por meio do trabalho dos centros de apoio, busca-se também o intercâmbio de saberes e a consolidação de redes de atores que se dediquem à proteção dos direitos difusos, coletivos ou individuais indisponíveis relacionados à área de atuação do Caop. Além disso, essas unidades especializadas colaboram com a formulação do planejamento e a execução de programas estratégicos do Ministério Público.

Conheça o trabalho dos Centros de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça:

de Defesa dos Direitos do Idoso e da Pessoa com Deficiência;

da Criança e do Adolescente e da Educação;

Cíveis, Falimentares, de Liquidações Extrajudiciais e das Fundações e do Terceiro Setor;

de Proteção à Saúde Pública;

de Defesa do Consumidor e da Ordem Econômica;

de Proteção ao Patrimônio Público e à Ordem Tributária;

Criminais, do Júri e de Execuções Penais;

de Proteção aos Direitos Humanos;

de Proteção ao Meio Ambiente e de Habitação e Urbanismo;

Centro de Apoio Técnico à Execução.
 
Recomendar esta página via e-mail: