LibreOffice - Apresentação

Topo

O Ministério Público do Paraná mudou seu pacote de softwares de escritório. Com isso, todos os integrantes da Instituição deixam de utilizar os programas do MS-Office (Word, Excel e PowerPoint), que está sendo substituído pelo LibreOffice (Writer, Calc e Impress), um conjunto de softwares livre e gratuito.

Vantagens
Estima-se que a mudança permitirá economia de R$ 1,2 milhão, por ano, à Instituição. Estes recursos serão utilizados na atualização e no aprimoramento dos equipamentos de informática do MP-PR.

FerramentasAlém disso, essa mudança possibilita a padronização na geração, no armazenamento e na troca de documentos, visto que o formato de arquivo do LibreOffice é aberto, público e aprovado como norma da Organização Internacional para Padronização (ISO). Isso significa que o pacote poderá ser implementado ou adaptado independente de haver algum tipo de pagamento ou licença de uso restrito. 

O formato aberto garante, no futuro, o acesso e a preservação de documentos gerados pela Instituição, o que poderia não ocorrer com arquivos de programas de domínio privado (como os da Microsoft).

A medida também vai ao encontro do que vem sendo adotado por diversas unidades do Sistema Nacional de Justiça e do Ministério Público brasileiro – a exemplo do CNMP –, que já utilizam o LibreOffice.

Mudanças
LibreOffice é composto por programas simples de usar. E a mudança não implicará em perda de nenhum documento já existente e salvo nos formatos atualmente utilizados, como os produzidos pelo Word, Excel e PowerPoint. Esses arquivos poderão ser abertos e alterados nos novos programas.

O principal desafio neste início, portanto, será com a adaptação: membros, servidores e estagiários precisarão absorver as diferenças das novas ferramentas do LibreOffice e, importante, converter os arquivos que se encontram em formatos proprietários (como .doc e .docx) para formatos abertos (como .odt). Para isso, há acompanhamento técnico do Departamento de Tecnologia da Informação (DTI), bem como apoio e capacitação permanente, bem como apoio e capacitação permanente do Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional (Ceaf).

Também para contribuir com a adaptação de todos os integrantes do MP ao novo pacote de softwares, foi disponibilizada esta página, no site institucional, contendo orientações de uso, material de apoio e respostas a algumas perguntas frequentes relacionadas ao LibreOffice. Além disso, boletins eletrônicos são encaminhados periodicamente aos e-mails institucionais, com as principais dicas de utilização da nova ferramenta, e o Ceaf oferta cursos de capacitação sobre as funções dos programas.

Capacitação
O processo de migração iniciou em maio de 2015, com a instalação da versão mais atualizada do LibreOffice, oferecendo-se tempo de adaptação ao novo software antes da retirada do MS-Office. Em julho iniciou-se a capacitação de 850 integrantes do MP-PR, que participaram do curso “Conhecendo o L ibreOffice – Writer – 1.ª Edição”, ofertado, na modalidade à distância, pelo Ceaf, bem como dos cursos “Conhecendo o LibreOffice – Impress e Mala Direta – 1ª edição”, disponibilizado em agosto, “Conhecendo o LibreOffice – Calc Básico”, oferecido em setembro, e “Conhecendo o LibreOffice – Calc Avançado”, ofertado em outubro de 2015. 

Em um segundo momento, a capacitação ampliou-se para todos os integrantes do MP-PR, disponibilizando-se três edições dos cursos de Writer, Impress, Mala Direta e Calc Básico e duas edições do curso de Calc Avançado. 

Por fim, no mês de setembro de 2015, a migração foi estendida para toda a Instituição. Espera-se que até o final de 2015, todos os integrantes do MP-PR estejam utilizando exclusivamente o LibreOffice.



Rodape
Recomendar esta página via e-mail: