Criminal

24/03/2020

A pedido do MPPR, Justiça autoriza busca de documentos e determina afastamento cautelar de diretor do Departamento de Licitações de Pitanga

A pedido do Ministério Público do Paraná, a Vara Criminal de Pitanga, no Centro-Sul do estado, determinou cautelarmente o afastamento do exercício de suas funções do diretor do Departamento de Licitações do Município, por suspeita de fraude a procedimento licitatório.

De acordo com as investigações da 2ª Promotoria de Justiça da comarca, o servidor teria falsificado proposta de preços para favorecer uma entidade responsável pela realização de concurso público destinado ao provimento de cargos do quadro de servidores do Município de Pitanga.

Além do afastamento cautelar do exercício das funções públicas, a Justiça autorizou busca e apreensão de documentos na residência do servidor e no setor de licitações da Prefeitura – ação realizada nesta terça-feira, 24 de março, com o auxílio da Polícia Militar.

Processo número 0000816-43.2020.8.16.0136.

Informações para a imprensa:
Assessoria de Comunicação
comunicacao@mppr.mp.br
(41) 9116-0267

Recomendar esta notícia via e-mail:
Captcha Image Carregar outra imagem