Evento

11/11/2019

Ao Vivo - 4º Seminário de Direitos Humanos prossegue nesta terça-feira

O 4º Seminário de Direitos Humanos do Ministério Público do Estado do Paraná prossegue nesta terça-feira, 12 de novembro. O evento, que teve início na segunda-feira, 11 de novembro, acontece no auditório da sede do MPPR em Curitiba (Rua Marechal Hermes, 820) e contará no segundo dia com mesas que discutirão temas como racismo institucional no sistema de Justiça e a situação de grupos vulneráveis, como povos e comunidades tradicionais e indígenas, trabalhadores rurais e pessoas em situação de rua.

 

Assista a transmissão ao vivo.

 

A palestra de abertura esteve a cargo do engenheiro e economista Eduardo Moreira, autor de livros como “Encantadores de vidas” (lançado em 2012 e que figurou na lista dos mais vendidos do país) “O que os donos do poder não querem que você saiba” e “Desigualdades & caminhos para uma sociedade mais justa” (que este ano figurou entre as obras de não ficção mais vendidas do país). Ele falou sobre “Desigualdade e Direitos Humanos”. À tarde, foram debatidos os direitos da população LGBT e questões ligadas à igualdade de gênero. (Em breve, a cobertura do primeiro dia estará no site do MPPR.)

Toda a programação é aberta ao público interessado, que pode assistir ao evento tanto presencialmente quanto pela internet, pois as palestras têm transmissão ao vivo via webcast.

Defesa de direitos – O procurador de Justiça Olympio de Sá Sotto Maior Neto (coordenador do Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça de Proteção aos Direitos Humanos, que organiza o evento junto com a Escola Superior do MPPR, em parceria com a Fundação Escola do MPPR), lembra que “a defesa dos direitos humanos de todos, especialmente daqueles que se encontram à margem dos benefícios produzidos pela sociedade ou sofrem violência, preconceito ou discriminação, é dever institucional do Ministério Público”. Ele acrescenta também que “a sociedade reclama intervenção positiva do Ministério Público na implementação das promessas de cidadania já contempladas no nosso ordenamento jurídico, ainda mais num cenário em que surge real possibilidade de retrocesso, com ameaça a direitos duramente conquistados”. “O seminário comparece como especial espaço para diálogo com os movimentos sociais e a população em geral, de modo a permitir que sejam identificadas as principais demandas na área de direitos humanos no estado do Paraná”, conclui o procurador de Justiça.

As inscrições para o segundo dia do evento podem ser feitas pela internet, tanto para integrantes do MPPR quanto para o público externo. A página do evento, no site da Escola Superior do MPPR, traz a programação completa do seminário e inclui links para inscrição e para acompanhamento das palestras via webcast.

 Inscrições - integrantes do MPPR    Inscrições - público externo

Informações para a imprensa:
Assessoria de Comunicação
(41) 3250-4249

Recomendar esta notícia via e-mail:
Captcha Image Carregar outra imagem