Institucional

30/11/2018

Três novos promotores substitutos ingressam no MPPR

O Ministério Público do Paraná recebeu nesta sexta-feira, 30 de novembro, três novos promotores substitutos: Eric Prete Vasconcelos, Tharik Diogo e Guilherme Carvalho Cavalcante Oliveira. A cerimônia de posse foi realizada na Sala de Atos no Bloco II da sede da instituição, em Curitiba, e contou com a participação de membros e servidores do MPPR, além de familiares e amigos dos empossados.

Conheça os três novos promotores substitutos

O procurador-geral de Justiça, Ivonei Sfoggia, que presidiu a sessão solene, parabenizou os empossados, destacando o árduo concurso de provas e títulos em que foram aprovados. Agradeceu a presença dos familiares e afirmou que a posse é um momento de consagração de uma luta difícil, não apenas para os empossados, mas para todos os parentes e amigos que os cercam. Elogiou o esforço e a dedicação dos novos promotores e pediu a eles engajamento no trabalho como promotores de Justiça.

“O Ministério Público nunca está pronto, mas sempre em construção. Peço que se engajem nessa construção com muita responsabilidade e seriedade e nunca se esqueçam de que são representantes do povo e estão aqui para servi-lo. Trabalhem para que o Ministério Público cumpra com sua obrigação constitucional cada vez melhor”, destacou o procurador-geral. Em seu discurso, Ivonei Sfoggia também fez uma homenagem aos procuradores de Justiça Cândido Furtado Maia Neto, que faleceu nesta terça-feira, 27 de novembro, e João Zaions Junior, falecido em 23 de junho, ressaltando o papel fundamental que desempenharam no MPPR.

Os empossados prestaram o compromisso legal ao assumir o cargo, e o promotor de Justiça Paulo Sérgio Markowicz de Lima, secretário do Conselho Superior do Ministério Público, leu o termo de posse, que foi assinado pelos novos integrantes. Representando a Associação Paranaense do Ministério Público (APMP), o promotor de Justiça Francisco Zanicotti, diretor-secretário da PGJ, deu as boas-vindas aos novos promotores, destacando que a APMP também está pronta para recebê-los.

Constituição Federal – O promotor substituto Eric Prete Vasconcelos discursou em nome dos recém-empossados, enfatizando os 30 anos da Constituição Federal, comemorados em 5 de outubro. “Foram três décadas em que tivemos inúmeras vitórias a festejar, porém a realidade nos mostra que ainda há muito o que fazer”, afirmou, clamando os colegas empossados a nunca esquecer o passado institucional e nunca abrir mão dos avanços trazidos pela Carta Magna. “Quando assumirmos nossas comarcas, veremos com naturalidade atribuições como o controle externo da atividade policial, a tutela da probidade administrativa ou mesmo o simples ajuizamento de uma ação civil pública. Tudo isso, porém, teve de ser conquistado pelos valorosos promotores e procuradores que nos antecederam. Membros que se mobilizaram nacionalmente e se reuniram nesta capital para compor a Carta de Curitiba, definindo o que viria a ser o futuro do Ministério Público no texto constitucional”, declarou.

Autoridades – Além do procurador-geral e do diretor-secretário da PGJ, também prestigiaram a cerimônia o corregedor-geral do Ministério Público do Paraná, Moacir Gonçalves Nogueira Neto, o ouvidor-geral da instituição, Ney Roberto Zanlorenzi, o subprocurador-geral de Justiça para Assuntos Jurídicos, Eliezer Gomes da Silva, e o coordenador da Assessoria de Segurança Institucional, o procurador de Justiça Vani Antônio Bueno.

Os novos promotores foram admitidos no último concurso público realizado pelo MPPR em 2017. A seleção teve 3.094 candidatos inscritos, dos quais 47 foram aprovados. Eric Prete Vasconcelos, Tharik Diogo e Guilherme Carvalho Cavalcante Oliveira foram nomeados para as comarcas de Ibaiti, Cornélio Procópio e Loanda, respectivamente.

Recomendar esta notícia via e-mail:
Captcha Image Carregar outra imagem