Institucional

09/08/2018

Campanha do Agasalho do MPPR bate recorde de arrecadações em 2018

Instituições beneficentes de todo o estado receberam o total de 18.159 doações, na maioria peças de roupas e cobertores, arrecadadas nos meses de junho e julho, durante a Campanha do Agasalho do Ministério Público do Paraná. A iniciativa, que está em seu sétimo ano, alcançou recorde de doações, com o aumento de cerca de 6 mil itens entregues, em relação a 2017. Neste ano, a campanha, voltada a membros, servidores e estagiários do MPPR, além de familiares, amigos e todos que quiseram contribuir, também contou com o maior número de comarcas (23) e voluntários (55) participantes.

Dentre os itens entregues, destacam-se roupas masculinas, femininas e infantis, calçados, peças íntimas, toalhas, lençóis, produtos de higiene, além de 700 cobertores novos, 1.827 pares de meias, 770 cuecas e 245 toucas, comprados com dinheiro arrecadado (R$ 17.870,54) entre integrantes da instituição em Curitiba. Na capital, foram doadas 8.587 peças no total, sendo 5.045 arrecadadas e 3.542 itens novos comprados. Nas comarcas do interior, a soma resultou em 9.572 peças distribuídas.

Para a coordenadora estadual da Campanha do Agasalho, a servidora Ines Luft, a iniciativa é muito importante tanto para quem doa quanto para quem recebe. “As pessoas beneficiadas ficam muito felizes, pois as doações aquecem os pés, o corpo e também a alma. Sentem-se acolhidas ao verem que há alguém que se preocupe com elas. Para quem doa, é muito gratificante saber que um agasalho que não é mais usado irá fazer toda a diferença”, afirma Ines. “Todos os anos, faço o possível para bater o meu próprio recorde de roupas e cobertores arrecadados”, completa.

Beneficiados – Na capital, duas instituições foram escolhidas para receber os donativos: a Casa de Acolhida São José, que atende pessoas em situação de rua, e a Cooperativa CataParaná, que assiste famílias de recicladores. Confira as outras instituições beneficiadas em todo o estado:

Almirante Tamandaré: Casa de Passagem Irmã Severina Seraglio

Andirá: famílias em situação de vulnerabilidade atendidas pelo Centro de Referência de Assistência Social

Apucarana: Casa de Misericórdia Resgate de Deus

Assis Chateaubriand: Auxílio Fraterno da Paróquia Nossa Senhora do Carmo

Campo Largo: Abrigo Santa Rita de Cássia e Secretaria de Desenvolvimento Social do Município

Campo Mourão: Albergue Municipal de Campo Mourão

Cascavel: Casa Pop, Recanto da Criança, Centro Pop e Centro da Juventude

Castro: Casa Lar de Castro

Corbélia: Abrigo Anjo da Guarda e famílias atendidas pelo Serviço de Auxílio à Infância e Juventude

Foz do Iguaçu: Associação dos Moradores da Ocupação do Bubas

Guarapuava: Cáritas Socialis

Londrina: Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centro Pop)

Pérola: Apae

Ponta Grossa: Casa do Idoso Paulo de Tarso, Casa Corina Portugal e Casa Francisclara. Também foram encaminhadas doações para a comarca de Sengés, onde as chuvas deixaram várias famílias desabrigadas

São José dos Pinhais: Patronato Santo Antônio e Lar Mãe Maria

Terra Boa: famílias atendidas pelo Centro de Referência de Assistência Social

Umuarama: Associações Vida e Solidariedade e Jardim Petrópolis

União da Vitória: famílias carentes credenciadas nas Secretarias de Ação Social dos seis Municípios que compõem a comarca.

Também participam as comarcas de Antonina, Cruzeiro do Oeste, Formosa do Oeste e Paranaguá. Em cada cidade, a maioria das doações foi recebida na sede do Ministério Público do Paraná, em caixas com a identificação visual da campanha.

Recomendar esta notícia via e-mail:
Captcha Image Carregar outra imagem