MP no Rádio

09/02/2018

Entrevista fala da importância da atenção básica à saúde

Logo Rádio

O atendimento à saúde da população na rede pública, oferecido pelo Sistema Único de Saúde, o SUS, começa na Atenção Básica, etapa que responde por quase 90% das questões de saúde da população – apenas uma minoria dos casos requer atendimento especializado. Ou seja: se a atenção básica, esse primeiro atendimento, for bem realizado, a qualidade do serviço de saúde prestado na rede pública melhora muito.

Com a proposta de garantir atenção básica de qualidade e também estimular a população a participar das políticas de saúde nas suas cidades, o Ministério Público do Paraná desenvolve o projeto Suscom+. A proposta é reforçar a importância da atenção básica na pauta dos municípios paranaenses, partindo de demandas da própria comunidade a respeito do serviço de saúde. Para falar sobre esse trabalho, recebemos a promotora de Justiça Andreia Cristina Bagatin, do Ministério Público do Paraná.

Clique aqui para baixar o bloco um (7min01s) e aqui para o bloco dois (7m40s). Também é possível fazer o download em bloco único, clicando aqui (14min04s). Se você só quer ouvir o programa, clique aqui.

Andreia Cristina Bagatin

Financiamento imobiliário – A edição da semana passada tratou de questões jurídicas relacionadas à compra de imóveis e financiamento imobiliário. O entrevistado foi o promotor de Justiça Hugo Evo Magro Corrêa Urbano, do Ministério Público do Paraná. Durante a conversa, ele fala dos cuidados que a pessoa deve tomar antes de comprar um imóvel, da importância do registro e dos direitos de quem faz o financiamento, inclusive quando há inadimplência. No último ano, só pela Caixa Econômica Federal, cerca de 110 mil paranaenses fizeram financiamento imobiliário pelo programa Minha Casa Minha Vida – a grande maioria para a compra do primeiro imóvel. Clique aqui e acesse a entrevista.

Gratuito – O programa MP no Rádio é uma produção do Ministério Público do Paraná, em parceria com a Associação das Emissoras de Radiodifusão do Paraná (Aerp), e pode ser veiculado gratuitamente por qualquer emissora. O programa também pode ser editado, desde que mantido no contexto e devidamente creditado.

Contato – Para envio de sugestões (inclusive temas de pauta), críticas e comentários sobre os programas, o contato é o e-mail mpnoradio@mppr.mp.br ou os telefones (41) 3250-4469 e (41) 3250-4249.

Recomendar esta notícia via e-mail: